H.81 Real Village da Praia Verde


A área a intervir carateriza-se por um pinhal denso, onde é construído um edifício destinado a habitação, que se assume como uma construção isolada, procurando preservar a essência da paisagem envolvente
.

Descreve-se por um volume com um desenho puro, de planta retangular, circunscrito entre dois planos, igualmente regulares, que correspondem à lage de pavimento e à pala de proteção solar que forma a cobertura.

Réguas de madeira tratada thermowood, dispostas na vertical, materializam o volume e os grandes planos que encerram vãos. Num diálogo subtil, os planos de betão branco aparente exibem a estereotomia impressa pelas réguas de madeira que lhe serviram de cofragem.

Entre estes planos distribuem-se recuadas todas as divisões da habitação.

Um pátio afasta a sala/cozinha do conjunto dos quartos. Determina dois volumes autónomos, que se desenvolvem sobre um mesmo alpendre. No seu interior uma pérgula de betão evita que a luz inunde o interior, projetando sombras desenhadas. Grandes vãos abrem-se sobre o pinhal.
A cobertura, visível de pontos mais altos, será revestida em manta vegetal de crescimento espontâneo, para que se dilua a presença do edifício no terreno.

Piscina: Integrada à cota do plano de betão que define a cota de soleira, a piscina projeta-se sobre a linha de água existente desenvolvendo-se com uma forte ligação ao terreno. Executada em betão aparente colorido de cor branca, foi idealizada para que o plano de água se encontre nivelado com a cota superior da lage, originando uma continuidade visual sobre o plano verde das copas dos pinheiros.
Os muros resultantes serão materializados em pedra da região aparelhada com junta seca.

© 2021 COPYRIGHT / MyBuild In / Todos os direitos reservados